27 Março, 2017      23:25 GMT +1 Luanda

Angola LNG retoma produção após “paragem controlada”

Enviar por E-mail Versão para impressão

A empresa Angola LNG retomou a produção de gás natural liquefeito após uma “paragem controlada” iniciada em Dezembro passado, noticiou a imprensa internacional da especialidade, citando um porta-voz da empresa.

A Angola LNG, parceria liderada pelo grupo norte-americano Chevron cujas instalações no Soyo foram construídas pela igualmente norte-americana Bechtel, tem registado uma série de paragens programadas e não-programadas desde que retomou as exportações em Junho de 2016, após uma paragem de dois anos para reparações de grande dimensão.

Lançado em 2007 para aproveitar o gás natural resultante da exploração petrolífera, o projecto reúne, além da Chevron (36,4%), a angolana Sonangol (22,8%), a britânica BP Exploration (13,6%), a italiana ENI (13,6%) e a francesa Total (13,6%).

Representa, além disso, um dos maiores investimentos alguma vez efectuados na indústria petrolífera angolana – 10 mil milhões de dólares – dispondo de sete navios-tanque e três cais de carregamento e tendo por objecto eliminar a queima de gás natural resultante da exploração petrolífera. (Macauhub/AO)

 


beyond_words
beyond_words