22 Janeiro, 2017      02:44 GMT +1 Luanda

Moeda de Angola assinala 40.º aniversário

Enviar por E-mail Versão para impressão

O kwanza, a moeda de Angola, completou dia 8 de Janeiro 40 anos desde que o Banco Nacional de Angola (BNA), banco central, emissor e autoridade cambial, a colocou em circulação, em substituição do escudo português, escreveu a agência noticiosa Angop.

A operação de troca do então escudo colonial pelo kwanza como meio de pagamento em todo o território de Angola foi realizada em oito dias, atendendo ao facto de nessa altura a circulação de pessoas e bens no país ser relativamente pacífica.

O kwanza teve na sua origem como a mais pequena unidade o lwei, em moeda metálica, o equivalente a 50 cêntimos e a nota de mil kwanzas como a de maior valor facial.

A moeda teve inicialmente uma cotação fixa de 33 kwanzas por um dólar, mas as distorções económicas que surgiram ao longo dos anos deram origem a taxas de inflação de valor elevado que o banco central procedeu a alterações da sua denominação e do seu valor.

Foi assim que em 1990 entrou em circulação o novo kwanza (NKz), em substituição do kwanza, e, em 1995, a mesma razão levou a criação do kwanza reajustado (Kzr).

O BNA viu-se forçado, em Dezembro de 1999, a pôr fim ao kwanza reajustado voltando a emitir o kwanza.

A 18 de Fevereiro de 2013 iniciou-se o processo de actualização da moeda angolana, com o lançamento das moedas metálicas de 50 cêntimos, um, cinco e 10 kwanzas.

Em Março de 2013, o BNA lançou as notas de 50, 100, 200, 500, 1000 e 2000 e em Maio foi lançada a nota de 5000 kwanzas.

A 11 de Novembro de 2015, o banco central pôs em circulação novas moedas metálicas de 50 e 100 kwanzas, no âmbito das comemorações do quadragésimo aniversário da independência nacional. (Macauhub)

 


beyond_words
beyond_words