21 Fevereiro, 2017      08:42 GMT +1 Luanda

Diamantes de Angola com o preço por quilate mais elevado do mundo em 2016

Enviar por E-mail Versão para impressão

Os diamantes extraídos na concessão de Lulo, em Angola, alcançaram o mais elevado preço por quilate de toda a produção diamantífera mundial em 2016, afirmou o presidente executivo da empresa australiana Lucapa Diamond Company.

Stephen Wetherall escreveu numa comunicação ao mercado que os parceiros da concessão de Lulo obtiveram uma receita bruta de mais de 51 milhões de dólares com a venda de diamantes em bruto e salientou o preço por quilate de 2983 dólares “o mais elevado do mundo em 2016.”

Em 2016, a concessão produziu 269 diamantes qualificados de “especiais”, com 10,8 quilates ou mais cada um, número que compara com 86 um ano antes, tendo a produção total de diamantes atingido 19 833 quilates, conta 8394 quilates em 2015.

No quarto trimestre de 2016 a concessão produziu 5313 quilates, mais do dobro dos 2151 quilates registados no período homólogo de 2015, tendo o número de diamantes especiais sido de 79.

A Lucapa Diamond Company tem como parceiros angolanos neste projecto a estatal Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) e o grupo privado Rosas & Pétalas.

A concessão do Lulo dista 150 quilómetros da mina de diamantes de Catoca, que tem o maior quimberlito de Angola e o quarto maior do mundo, estando ambas localizadas na mesma área geológica. (Macauhub/AO)

 


beyond_words
beyond_words