26 Março, 2017      10:14 GMT +1 Luanda

Fórum de Macau reúne-se em Pequim com embaixadores dos países de língua portuguesa

Enviar por E-mail Versão para impressão

Os embaixadores de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e Timor-Leste na China manifestaram o apreço dos respectivos governos pelos resultados já obtidos na cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa, de acordo com uma informação oficial divulgada em Macau.

O Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa informou terem os embaixadores enaltecido igualmente os resultados obtidos nos últimos 14 meses de existência do Fórum de Macau e expressado a vontade de aproveitar e apoiar melhor a construção da plataforma em Macau.

Uma delegação do Secretariado Permanente do Fórum de Macau deslocou-se a Pequim de 26 de Fevereiro a 1 de Março tendo nesse período mantido encontros com os embaixadores daqueles sete países de língua portuguesa e visitado ainda o Ministério do Comércio da China e o Conselho para a Promoção de Comércio Internacional da China (CCPIT).

A secretária-geral, Xu Yingzhen, apresentou os principais trabalhos e actividades realizados em 2016 pelo Secretariado Permanente e o programa de trabalho para 2017 e, entre outros temas, os resultados obtidos na 5.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau.

O comunicado acrescenta terem sido analisados os os trabalhos de acompanhamento da Conferência Ministerial, como o Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial, o Memorando de Entendimento sobre a Promoção da Cooperação da Capacidade Produtiva do Fórum de Macau, bem como as 18 novas medidas.

A secretária-geral indicou que o novo Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial inspira-se na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, oferecendo um leque mais variado das áreas de cooperação e proporcionando um nível mais elevado de cooperação. (Macauhub)

 


beyond_words
beyond_words