26 Março, 2017      10:14 GMT +1 Luanda

Grupo português de construção civil contratado para obras em Angola

Enviar por E-mail Versão para impressão

O grupo português de construção civil MCA foi contratado para realizar obras de protecção e estabilização das encostas da Boavista e Sambizanga, em Luanda, uma empreitada que irá custar ao Estado angolano 219 milhões de dólares, informou o grupo em comunicado divulgado terça-feira.

A empreitada, aprovada por decreto presidencial angolano de 1 de Março, é dividido em duas fases, sendo na primeira construída a protecção e feitas a estabilização e requalificação das encostas da Boavista e Sambizanga, entre o Cinema Miramar e o Largo do Ambiente e entre a Avenida Kima Kienda e a Rotunda da Boavista, executando obras de contenção e estabilização dos taludes.

Na segunda fase, que terá um prazo de 18 meses, será concluído o processo de estabilização e de protecção das encostas, seguindo-se a conclusão dos eixos viários que ligarão a Avenida Kima Kienda ao Largo do Ambiente.

O grupo MCA acrescentou no comunicado ser esta a quarta obra que lhe é adjudicada em África, nos últimos dias, “numa fase em que é visível o surgimento da promoção e desenvolvimento de novos grandes projectos de infra-estruturas.” (Macauhub)

 


beyond_words
beyond_words